Ações europeias fecham perto da máxima de duas semanas, ajudadas pelo setor farmacêutico

sexta-feira, 25 de novembro de 2016 16:22 BRST
 

(Reuters) - As ações européias subiram ligeiramente nesta sexta-feira, aproximando-se do nível mais alto em mais de duas semanas, com o mercado impulsionado pelos papéis farmacêuticos diante da expectativa de aquisição no setor.

O índice pan-europeu STOXX 600 terminou com 0,18 por cento. O índice ganhou 1 por cento esta semana depois de avançar nas duas semanas anteriores. O índice subiu 2,3 por cento desde a vitória surpresa de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 fechou com leve alta de 0,29 por cento, a 1.351 pontos.

Os papéis da Actelion subiram 16,77 por cento, para recorde de alta, após a empresa suíça de biotecnologia confirmar abordagem para aquisição feita pela Johnson & Johnson, que também informou que as discussões estavam em curso.

O salto da Actelion ajudou o índice STOXX Europe 600 Healthcare a avançar 1,35 por cento, a maior alta setorial na Europa, já que os comerciantes apostam que haverá mais fusões e aquisições no setor.

O índice europeu de petróleo e gás caiu 0,6 por cento, uma vez que os preços do petróleo foram arrastados pela incerteza se a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) chegará a um acordo.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,17 por cento, a 6.840 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,09 por cento, a 10.699 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,17 por cento, a 4.550 pontos.   Continuação...