Blue-chips lideram alta das ações chinesas a nova máxima de 11 meses

segunda-feira, 28 de novembro de 2016 07:51 BRST
 

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - O índice de blue-chips CIS300 da China avançou pela sexta sessão consecutiva nesta segunda-feira, com dados favoráveis de lucros industriais reforçando a ideia de que a economia chinesa já atingiu patamar mais baixo, tornando os ativos de risco como as ações mais atrativos do que os títulos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,4 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,46 por cento, ambos atingindo seus níveis mais altos desde o início de janeiro.

O apetite por risco dos investidores continuou a crescer depois que dados mostraram que os lucros industriais da China em outubro subiram 9,8 por cento, auxiliados pelo setor de matérias-primas.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, subia 0,4 por cento às 7:47.

A redução das perspectivas de pressão de alta para a inflação diante dos preços mais baixos do petróleo levaram os investidores a amenizar as expectativas de alta da taxa de juros nos Estados Unidos, reduzindo os rendimentos dos Treasuries e pressionando o dólar. Isso deu algum alívio às ações asiáticas.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,13 por cento, a 18.356 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,47 por cento, a 22.830 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,46 por cento, a 3.277 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,40 por cento, a 3.535 pontos.   Continuação...