Leilão da Celg-D teve ao menos uma proposta, diz ministro

segunda-feira, 28 de novembro de 2016 11:48 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Houve apresentação de ao menos uma proposta para leilão de privatização da distribuidora goiana Celg-D, e governo federal está otimista com resultado do certame, previsto para quarta-feira, afirmou o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, em entrevista a jornalistas nesta segunda-feira durante o Unica Fórum, evento promovido pela associação da indústria de cana do centro-sul do Brasil.

Na sexta-feira, uma fonte com conhecimento do assunto disse à Reuters que houve apresentação de apenas uma proposta para o leilão, que marcará a primeira privatização do setor elétrico no governo de Michel Temer.

Ele disse ainda que o presidente Temer sancionará na terça-feira projeto de lei que retira a obrigatoriedade de a Petrobras ser operadora única do pré-sal.

(Por Luciano Costa e Marcelo Teixeira)