Conab estabelece prêmio máximo de R$10,98/saca em leilões de subvenção ao trigo

quarta-feira, 30 de novembro de 2016 09:08 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou o valor máximo do prêmio de abertura para os leilões de subvenção ao mercado de trigo que serão realizados na sexta-feira.

A Conab vai oferecer subvenção de, no máximo, 0,183 real por quilo de trigo, ou 10,98 reais por saca de 60 kg, em operações de Pepro e PEP.

No primeiro instrumento, os produtores participam de um leilão para disputar um prêmio que é a diferença entre os valores de mercado e o preço mínimo definido pelo governo. No segundo, a disputa é por uma subvenção paga às empresas que fizerem a compra e a venda do produto, incluindo moinhos, fábricas de ração animal e exportadores.

O preço mínimo do trigo está definido atualmente em 38,65 reais por saca. Analistas reportam que a média dos negócios realizados está em 34,80 reais no Paraná e 30 reais no Rio Grande do Sul. Os dois Estados são os principais produtores de trigo do país.

Nesta primeira rodada, a Conab vai ofecer apoio à comercialização de 215 mil toneladas de trigo.

A autorização para leilões que garantam o preço mínimo foi publicada na segunda-feira no Diário Oficial da União. O governo destinou 150 milhões de reais para as operações e a estimativa da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura é de que os recursos serão suficientes para subvencionar a comercialização de 1,2 milhão a 1,7 milhão de toneladas do cereal.

Os preços têm sido muito pressionados no mercado do Sul do país, principal região produtora, devido a uma safra recorde e uma grande oferta no exterior.

Os próximos leilões de subvenção estão previstos para os dias 9 e 16 de dezembro deste ano, de acordo com a Conab.

  Continuação...