IPC-S desacelera alta a 0,17% em novembro com alívio em Habitação e queda de alimentos, diz FGV

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016 16:35 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) fechou novembro com alta de 0,17 por cento, sobre avanço de 0,34 por cento no mês anterior, em meio à queda de alimentos e ao alívio dos preços de habitação.

Os dados divulgados nesta quinta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostraram que os preços de alimentos registraram recuo de 0,12 por cento em novembro, após variação negativa de 0,05 por cento no mês anterior.

O resultado apontou ainda que a alta do IPC-S desacelerou na comparação com a terceira quadrissemana do mês, quando o indicador subiu 0,24 por cento.

Segundo a FGV, o destaque na comparação com a terceira quadrissema ficou para o grupo Habitação, que desacelerou a alta a 0,17 por cento, ante 0,25 por cento, com alívio do item tarifa de eletricidade residencial.

(Por Thaís Freitas)

 
Mulher observa preços de alimentos em mercado no Rio de Janeiro, Brasil
21/01/2016  REUTERS/Pilar Olivares/File Photo