Índice de blue-chips da China tem maior queda em 6 meses

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016 07:47 BRST
 

XANGAI/CINGAPURA (Reuters) - O índice de blue-chips da China teve a maior queda em seis meses nesta segunda-feira após o principal regulador de títulos alertar para aquisições "brutais" de ações.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1,68 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,20 por cento.

As blue-chips do setor industrial, incluindo Gree Electric e China Vanke, que anteriormente avançaram com compras de ações por seguradoras, caíram depois que o presidente da Comissão Reguladora de Valores Mobiliários, Liu Shiyu, condenou no sábado aquisições "brutais" por determinados gestores de ativos.

O anúncio do primeiro-ministro italiano Matteo Renzi de que vai renunciar após a derrota em um referendo sobre uma reforma constitucional fez com que investidores fugissem de ativos de maior risco.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, caía 0,36 por cento às 7:44.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,82 por cento, a 18.274 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,26 por cento, a 22.505 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,20 por cento, a 3.204 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,68 por cento, a 3.469 pontos.   Continuação...