6 de Dezembro de 2016 / às 12:47 / 9 meses atrás

França amplia medidas para todo o país por alto risco de gripe aviária

Pato visto em fazenda em Doazit, França. 17/12/2015Regis Duvignau

PARIS (Reuters) - A França ampliou as restrições de "alto risco" para todo o país, após a detecção de vários casos da gripe aviária H5N8 altamente patogênica em fazendas no sudoeste do país e em patos silvestres no norte do país, disse o Ministério da Agricultura nesta terça-feira.

A decisão também foi motivada pela "rápida mudança na situação... na França e em vários países europeus", diz o comunicado.

O ministério já havia imposto restrições mais severas em várias zonas, localizadas principalmente em áreas úmidas, no mês passado, em um esforço para evitar a contaminação.

Mas a França, que tem o maior plantel de aves comerciais da União Européia, tem sido atingida por vários surtos, num retrocesso para os produtores franceses de frango, pato e de foie gras, que ainda se recuperam de uma epidemia de gripe aviária que começou há um ano.

Os produtores de aves terão que manter seus rebanhos dentro dos alojamentos ou aplicar redes de segurança que evitem o contato com aves selvagens.

Aqueles que não podem usar confinamento ou redes de segurança por causa do bem-estar animal ou requisitos de qualidade podem pedir para ser isentos, se eles puderem provar medidas de biossegurança suficientes.

Por Dominique Vidalon

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below