Bovespa sobe 0,5% com melhora na percepção de avanço de medidas econômicas

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016 18:56 BRST
 

Por Flavia Bohone

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou em alta nesta quarta-feira, amparado na percepção mais otimista quanto à manutenção do cronograma para votação da medida que limita o crescimento dos gastos públicos, mas ainda com alguma cautela em meio à crise política instaurada em Brasília.

O Ibovespa subiu 0,53 por cento, a 61.414 pontos. O volume financeiro do pregão somou 8,3 bilhões de reais.

A expectativa de que os ministros do Supremo Tribunal Federal votariam pela permanência do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado aliviou as preocupações ao longo do pregão sobre o andamento de votações de medidas econômicas no Congresso Nacional.

Após o fechamento do pregão, os ministros do STF decidiram pela permanência de Renan no cargo, mas o retiraram da linha sucessória da Presidência da República.

Embora otimistas pela perspectiva de que a Proposta de Emenda à Constituição que limita o crescimento dos gastos públicos será votada em segundo turno no Senado na próxima semana, operadores afirmam que o cenário político ainda é instável e motivo de cautela.

No exterior, o ambiente mostrou-se mais favorável, com a crescente expectativa pela manutenção por parte do Banco Central Europeu (BCE) do pacote de estímulos.

DESTAQUES   Continuação...