Rússia busca conversações adicionais antes de encontro da Opep e outros países

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016 09:47 BRST
 

MOSCOU (Reuters) - A Rússia planeja encontrar-se com alguns membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e países de fora do grupo, nesta sexta-feira, para discutir assuntos não resolvidos relacionados ao plano de cortar produção, antes da reunião mais ampla agendada para sábado em Viena, disse uma fonte do governo russo à Reuters.

A Rússia comprometeu-se em cortar sua produção em 300 mil barris por dia (bpd) no primeiro semestre de 2017, em um esforço conjunto para elevar os preços da commodity. Outros países de fora da Opep foram chamados a realizar um corte conjunto em volume semelhante.

A Opep, que produz um terço do petróleo do planeta, prometeu em 30 de novembro reduzir a produção em cerca de 1,2 milhão de bpd a partir de janeiro.

Cazaquistão e Azerbaidjão, os maiores produtores de petróleo entre as nações da ex-União Soviética abaixo apenas da Rússia, confirmaram participação nas conversas com a Opep no sábado.

"A Rússia vê riscos antes do acordo se questões não forem resolvidas", disse a fonte. "Cem por cento de comprometimento é algo crítico para o acordo... É essencial que os não Opep tenham uma abordagem responsável sobre o acordo."

A fonte não identificou os países de fora da Opep aos quais estava se referindo.

O Ministério de Energia da Rússia não respondeu a pedidos da Reuters para comentar a respeito.

(Por Katya Golubkova)