Quanto mais Brasil perseverar no ajuste, mais rápida será a retomada, diz Ilan

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 14:46 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, afirmou nesta segunda-feira que, quanto mais o Brasil perseverar no caminho de ajuste e reformas, mas rápida será a retomada da economia.

Em evento em São Paulo, Ilan afirmou que PEC do teto dos gastos precisa ser acompanhada de mudanças na Previdência e que o país precisa de reformas que aumentem a produtividade.

"Devemos nos manter perseverantes e serenos para fazer a economia voltar a crescer", afirmou Ilan.

(Reportagem de Aluísio Alves)

 
Presidente do Banco Central do Brasil, Ilan Goldfajn, dá entrevista à Reuters em Brasília, Brasil
15/09/2016 REUTERS/Adriano Machado