12 de Dezembro de 2016 / às 18:26 / 8 meses atrás

Perspectiva para empresas brasileiras em 2017 é negativa, diz Fitch

Prédio da Fitch em Londres 3/3/2016Reinhard Krause

SÃO PAULO (Reuters) - A perspectiva para as empresas brasileiras em 2017 é negativa na avaliação da agência de classificação de riscos Fitch, que não espera recuperação do fluxo de caixa até 2018.

Os resultados das empresas do primeiro semestre do próximo ano devem ser relativamente fracos, uma vez que a demanda agregada permanece baixa em meio à fraca atividade, taxas de utilização da capacidade reduzidas, alto endividamento das famílias e crédito restrito, disse a diretora da Fitch Debora Jalles, em relatório.

Com o rating e a perspectiva para o setor negativos, a Fitch diz em seu relatório que os rebaixamentos devem superar as elevações das empresas no próximo ano e, segundo a diretora da agência de classificação de riscos, as condições do mercado de crédito precisam melhorar para evitar uma nova onda de rebaixamentos.

O documento cita ainda que o escândalo da Lava Jato e de outras investigações sobre corrupção permanecem sendo um risco para empresas brasileiras.

Por Flavia Bohone

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below