Dólar cai frente ao real pelo 7º pregão seguido, com fluxo e PEC dos gastos

terça-feira, 13 de dezembro de 2016 17:12 BRST
 

Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar terminou em queda ante o real nesta terça-feira, pelo sétimo pregão consecutivo, com algum fluxo de entrada e após o Senado aprovar a PEC do teto dos gastos, aliviando um pouco as tensões diante do cenário político.

Os investidores também ficaram sob a expectativa do encontro de política monetária do Federal Reserve, banco central norte-americano, no dia seguinte.

O dólar recuou 0,58 por cento, a 3,3260 reais na venda, depois de bater 3,3658 reais na máxima do dia e 3,3175 reais na mínima.

Nestes sete dias seguidos de retração, a moeda norte-americana perdeu 4,22 por cento ante o real, maior sequência de quedas desde o início de agosto passado, quando também marcou sete desvalorizações consecutivas.

O dólar futuro tinha queda de cerca de 0,40 por cento no final da tarde.

"Aprovou, é o que interessa. Causa alguma preocupação em relação a outros temas que ainda serão votados mas, de bate pronto, a questão do aumento dos juros nos Estados Unidos é o que deve preocupar mais. Mas só amanhã", comentou um profissional de câmbio de uma corretora local.

O Senado aprovou mais cedo em segundo turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece teto para o crescimento das despesas públicas por 20 anos, com rejeição aos destaques que buscavam alterar o texto, em votação que contou com placar mais apertado. [nL1N1E816N]

O texto-base da PEC foi chancelado por 53 votos favoráveis e 16 contrários, numa sessão com menor presença de senadores e que demandava mínimo de 49 votos para aprovação. Na votação em 1º turno, foram 61 votos a favor e 14 contra.   Continuação...