Tenda cancela pedido de registro de IPO por condição de mercado desfavorável

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016 07:14 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A construtora Tenda descartou o plano de lançar uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), cuja precificação estava prevista para esta quarta-feira, devido às condições atualmente desfavoráveis do mercado.

Em comunicado divulgado nesta manhã, a empresa diz que solicitará à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o cancelamento do pedido de registro da oferta. Ainda no documento, Tenda e Gafisa informam que estão "trabalhando na análise de alternativas estratégicas para a unidade de negócios Tenda, visando à maximização de valor para o acionista da Gafisa".

Em 12 de dezembro, a Reuters publicou que vários grandes investidores que se reuniram com a Gafisa, dona da Tenda, e os bancos envolvidos no negócio disseram que a operação ficaria bastante razoável a 12,50 reais por ação ou menos. O teto da faixa foi fixado em 16,50 por ação.

(Por Gabriela Mello)