Mercados chineses têm mínima de 1 mês após decisão do Fed

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016 07:59 BRST
 

XANGAI/SYDNEY (Reuters) - Os mercados acionários da China caíram para as mínimas de um mês nesta quinta-feira, depois que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, elevou os juros e sinalizou um ritmo mais rápido do que o esperado de aperto da política monetária.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1,13 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,71 por cento.

A alta das small-caps foi ofuscada pelo recuo em ações bancárias, desencadeada por uma venda generalizada nos mercados de títulos, o que levantou a perspectiva de uma crise de liquidez no sistema bancário.

O restante das bolsas asiáticas também recuou, com exceção do japonês Nikkei, após a decisão do Fed. O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 1,51 por cento às 7:56.

O dólar subiu para 117,86 ienes, nível mais alto desde o início de fevereiro, o que favoreceu a alta do Nikkei.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,10 por cento, a 19.273 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,77 por cento, a 22.059 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,71 por cento, a 3.118 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,13 por cento, a 3.340 pontos.   Continuação...