Bolsas europeias se aproximam da máxima em 11 meses com expectativa de fusão e aquisição e alta do petróleo

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016 16:28 BRST
 

LONDRES (Reuters) - As ações europeias registraram a segunda semana consecutiva de ganhos nesta sexta-feira com a especulação de fusão e aquisição em torno da fabricante de medicamentos Actelion e uma alta nas ações do setor de petróleo, ajudando o índice de referência da a ficar perto de máxima de 11 meses.

O índice pan-europeu STOXX 600 oscilou entre altas e baixas e fechou com avanço 0,3 por cento. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,23 por cento, a 1.423 pontos.

O índice STOXX 600 avançou 6 por cento nas últimas duas semanas, impulsionado por um avanço nas ações bancárias diante da expectativa de que um aumento no rendimento de títulos aliviaria a pressão sobre a margem e um fortalecimento do dólar ajudaria o setor ainda mais.

A ação da Actelion subiu 10,5 por cento para recorde de alta, tornando-se o maior avanço no STOXX.

Fontes próximas ao assunto, citadas pela Bloomberg, disseram que seu rival francês, o Sanofi, estava discutindo um preço de cerca de 275 dólares por ação para assumir a farmacêutica suíça em um acordo que poderia ocorrer na próxima semana.

As ações ligadas ao petróleo registraram os maiores ganhos setoriais com um aumento de 1,5 por cento, atingindo o maior nível desde junho de 2015, após o preço do petróleo ser impulsionado por sinais de que os produtores estariam aderindo a um acordo global para reduzir a produção.

O índice do setor bancário voltou a recuar e caiu 0,3 por cento depois de atingir na quinta-feira o seu nível mais alto desde janeiro.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,18 por cento, a 7.011 pontos.   Continuação...