Brasil vai abrir processo na OMC contra Canadá sobre subsídios à Bombardier

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016 11:51 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Câmara de Comércio Exterior (Camex) autorizou abertura de procedimento de solução de controvérsias contra o Canadá na Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre subsídios concedidos à Bombardier, informou o Ministério de Relações Exteriores nesta segunda-feira.

Segundo a Camex, o governo de Québec injetou 2,5 bilhões de dólares na fabricante canadense de aeronaves em 2016 e há indícios de que o governo canadense esteja planejando "fazer em breve novo aporte significativo (...) para assegurar a viabilidade da nova linha de aviões C-Series e sua colocação no mercado a preços artificialmente reduzidos", afirma nota do ministério distribuída à imprensa.

A Bombardier é a principal rival da brasileira Embraer no mercado global de aviões de passageiros.

(Por Gabriela Mello)