Odebrecht unifica operações de engenharia e construção em duas unidades

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016 19:34 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo Odebrecht informou nesta segunda-feira que unificou as operações de engenharia e construção, de três em duas unidades, que responderão tanto pelas atividades Brasil quanto as internacionais.

Fábio Januário, que chefiava a Odebrecht Portugal, foi nomeado para comandar a Odebrecht Engenharia e Construção - Infraestrutura. E Flavio Faria segue como chefe da Odebrecht Engenharia e Construção – Engenharia Industrial.

A companhia vem tomando uma série de medidas para contenção de custos e se desfazendo de ativos considerados não essenciais para contornar suas dificuldades financeiras, na esteira da operação Lava Jato.

A maior empreiteira do país firmou no começo do mês um acordo de leniência no qual admitiu participar de práticas empresariais impróprias investigadas pela Lava Jato, também se comprometendo a pagar multa de 6,7 bilhões de reais.

O acordo abriu caminho para a assinatura de delação premiada de 77 executivos e funcionários da empresa, incluindo o ex-presidente Marcelo Odebrecht, preso em Curitiba e condenado a 19 anos e 4 meses de prisão.

(Por Aluísio Alves)