BC quer simplificar o compulsório, mas sem alterar volume de recursos recolhidos, diz Ilan

terça-feira, 20 de dezembro de 2016 12:47 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central quer simplificar as regras do compulsório como uma das ações para diminuir o custo do crédito, afirmou nesta terça-feira o presidente da autarquia, Ilan Goldfajn, destacando que a ideia não é mudar o volume de recursos recolhidos no BC, mas diminuir gradualmente a complexidade operacional atual.

O BC quer unificar e simplificar alíquotas e prazos, disse Ilan, acrescentando que a autoridade monetária fará ao longo de 2017 alterações normativas na exigibilidade adicional sobre depósitos e nos recolhimentos compulsórios sobre recursos a prazo e à vista.

(Por Marcela Ayres)

 
Presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, concede entrevista à Reuters em Brasília 15/09/2016 REUTERS/Adriano Machado