Arrecadação sobe 0,11% em novembro, mas ainda cai no ano, diz Receita

terça-feira, 20 de dezembro de 2016 15:52 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A arrecadação do governo federal registrou uma alta real de 0,11 por cento em novembro sobre igual mês de 2015, a 102,245 bilhões de reais, divulgou a Receita Federal nesta terça-feira.

O resultado veio melhor que a expectativa de uma arrecadação de 99 bilhões de reais estimada por analistas em pesquisa Reuters.

"Precisamos esperar um pouquinho mais para verificar e afirmar com segurança do que decorre essa recuperação parcial da arrecadação", afirmou o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros, Claudemir Malaquias, durante entrevista coletiva

Apesar da ligeira alta observada em novembro, os números da arrecadação mostram que o cenário recessivo ainda impacta diretamente a arrecadação de importantes impostos e contribuições.

No acumulado dos onze meses de 2016, a arrecadação registrou um recuo de 3,16 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado, já descontada a inflação, a 1,162 trilhão de reais. O desempenho também foi o pior para o período desde 2010.

Segundo a Receita, as maiores quedas na arrecadação de novembro foram vistas no Imposto de Importação/Imposto sobre Produtos Industrializados (-14,28 por cento ante igual mês de 2015), Impostos sobre Operações Financeiras (-13,41 por cento)e Imposto sobre Renda Retido na Fonte(-11,37 por cento).

(Por César Raizer)