Trump pressiona Lockheed e diz à Boeing para bater preço da concorrente

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016 16:40 BRST
 

HONOLULU/LOS ANGELES (Reuters) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, ajudou a pressionar a Lockeed Martin na quinta-feira, dizendo que considerava os custos do caça F-35 da empresa aeroespacial muito altos e pediu à Boeing para oferecer um preço por uma aeronave mais velha e que não tem as mesmas capacidades.

Trump postou uma mensagem no Twitter um dia após ter se encontrado com os presidentes-executivos das duas empresas, pressionando sobre projetos que ele acha muito caros.

"Baseado no tremendo custo e no excesso de custos do F-35 da Lockheed Martin, eu pedi à Boeing que superasse o preço de um F-18 Super Hornet comparável!", disse Trump.

A Lockheed não quis comentar. O programa F-35 é um gerador de vendas essencial para a empresa e correspondeu a 20 por cento da receita do ano passado, de 46,1 bilhões de dólares.

(Por Emily Stephenson e Jeffrey Dastin)