Governo estuda simplificar regime tributário do setor de petróleo e gás, diz fonte

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016 19:37 BRST
 

Por Alonso Soto

BRASÍLIA (Reuters) - O governo está considerando simplificar o regime tributário do setor de petróleo e gás, bem como alterar a tributação do sistema financeiro como parte de uma reforma tributária mais ampla em 2017, informou nesta quinta-feira uma fonte do governo familiarizada com o assunto.

"Estas são ideias gerais sobre o que deve ser feito, ainda em estágios embrionários", disse a fonte, que pediu para não ser identificada porque não tem permissão para falar publicamente. "Depois da aprovação do teto de gastos e da introdução da reforma da Previdência, vemos espaço para uma reforma tributária."

Ele disse que o governo também pode considerar a simplificação do PIS-Cofins, reduzindo a burocracia sobre o sistema tributário e reestruturando o Carf, órgão de recursos do Ministério da Fazenda.

Mais cedo, ao fazer um balanço do governo no ano, o presidente Michel Temer comemorou o andamento das reformas propostas até agora e disse que o governo vai se empenhar nas mudanças tributárias em 2017.

"Por que não levar agora adiante a reforma tributária, já que há vários projetos bastante encaminhados tanto no Senado quanto na Câmara Federal, mas agora o Executivo este ano vai empenhar-se na reforma tributária", disse Temer a jornalistas, acrescentando apenas que o governo se dedicará à simplificação do sistema tributário.

((Reportagem adicional de Maria Carolina Marcello))

 
Plataforma de petróleo na Baía da Guanabara. 20/04/2015. REUTERS/Pilar Olivares