China amplia metas de redução da capacidade para mais setores em 2017, diz jornal estatal

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016 09:40 BRST
 

XANGAI (Reuters) - A China aumentará suas metas de redução de capacidade de aço e carvão em 2017, ao mesmo tempo que estende sua campanha contra o excesso de capacidade para indústrias como cimento, vidro, alumínio eletrolítico e transporte marítimo, disse o jornal estatal Economic Information Daily nesta sexta-feira.

A China prometeu reestruturar suas vastas indústrias para combater a ineficiência e cortar os excedentes de capacidade, prometendo no início deste ano fechar em torno de 500 milhões de toneladas de capacidade de produção de carvão e de 100 a 150 milhões de toneladas de capacidade de produção de aço entre três e cinco anos.

O maior produtor e consumidor mundial de carvão e aço terá como objetivo elevar as metas de redução de capacidade de 2017 nos dois setores em mais de 10 por cento, disse o jornal sem dar mais detalhes.

A meta de 2016 para reduzir a capacidade - incluindo 250 milhões de toneladas no setor de carvão e 45 milhões de toneladas no setor siderúrgico - foi concluída antes do cronograma, disse o jornal.

(Por Winni Zhou e David Stanway)