Expectativa para taxa básica de juros no fim de 2017 cai a 10,25%, diz Focus

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017 09:31 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os economistas consultados na pesquisa Focus do Banco Central reduziram a expectativa para a taxa básica de juros neste ano, embora tenham elevado ligeiramente a perspectiva para a inflação.

O levantamento divulgado nesta segunda-feira mostrou que a expectativa agora é de que a Selic termine o ano a 10,25 por cento, contra 10,5 por cento esperados anteriormente.

Foi mantida a expectativa de aceleração do corte da Selic em janeiro, a 0,5 ponto percentual, após duas reduções de 0,25 ponto que levaram a taxa básica de juros aos atuais 13,75 por cento.

Já o Top-5, que reúne as instituições que mais acertam as previsões, continua vendo a Selic a 10 por cento no fim de 2017.

Em relação à inflação, entretanto, a conta deste ano passou a 4,87 por cento, contra 4,85 por cento na pesquisa anterior, afastando-se um pouco do centro da meta, de 4,5 por cento, com banda de 1,5 ponto.

Para 2016, o cenário de recessão no país vem levando a reduções nas expectativas para a inflação. A pesquisa com uma centena de economistas aponta agora alta do IPCA em 2016 de 6,38 por cento, 0,02 ponto percentual a menos e dentro da meta oficial, de 4,5 por cento com margem de tolerância de 2 pontos percentuais.

O Focus não mostrou mudanças nas expectativas para o Produto Interno Bruto (PIB), com a retração em 2016 calculada em 3,49 por cento e expansão esperada este ano de 0,50 por cento, na mediana das projeções.

(Por Camila Moreira)

 
Logo do Banco Central na sede da instituição, em Brasília.  15/01/2014  REUTERS/Ueslei Marcelino