Bovespa recua 1% no primeiro pregão do ano em sessão de giro fraco

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017 18:47 BRST
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou o primeiro pregão do ano no vermelho, com as ações da Petrobras entre as maiores pressões negativas, em sessão de liquidez reduzida e sem a referência de Wall Street.

O Ibovespa recuou 1,06 por cento nesta segunda-feira, a 59.588 pontos. O volume financeiro somou 1,89 bilhão de reais. Em 2016, o giro médio diário foi de 7,4 bilhões de reais.

A sessão foi marcada por ajuste aos movimentos dos ADRs (recibos de ações negociados nos Estados Unidos) na sexta-feira, quando os pregões norte-americanos funcionaram e a bolsa paulista esteve fechada.

Nesta segunda-feira, Wall Street não abriu, assim como outras praças financeiras importantes no exterior, ainda em razão do feriado de Ano Novo, o que esvaziou a sessão no Brasil, sem dados ou notícias relevantes para direcionar investidores.

Estratégias para ações brasileiras em janeiro compiladas pela Reuters sinalizaram um tom relativamente mais cauteloso, após fortes ganhos na Bovespa em 2016.

O ano também começou com a nova carteira teórica do Ibovespa, que vai vigorar até abril. Além dos ajustes nos pesos dos papéis, a nova composição do índice trouxe de volta as ações ordinárias da Eletrobras.

DESTAQUES   Continuação...