Maia acredita que Congresso aprova reforma da Previdência até fim de junho

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017 19:45 BRST
 

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), previu nesta segunda-feira que a Reforma da Previdência, já em tramitação na Casa, será aprovada pela Câmara até o final de março e pelo Senado até o final de junho.

Após uma rápida cerimônia de posse de novos deputados, Maia também disse acreditar que não há como uma reforma tributária anvançar no Congresso enquanto o governo federal não tiver condições financeiras para compensar eventuais perdas dos Estados.

"A gente vai ter condição de ter essa matéria (reforma da Previdência) aprovada até o final de março na Câmara e até o final de junho no Senado Federal. Eu tenho certeza, tenho muita convicção de que a Câmara vai cumprir o seu papel", afirmou o deputado.

Segundo Maia, que ainda não se coloca oficialmente como candidato à presidência da Câmara para os próximo biênio, a matéria terá prioridade, seja quem for o presidente da Casa.

O deputado acredita ainda que a aprovação da matéria sinalizará no curto prazo para a redução da taxa de juros.

"Até junho a reforma aprovada eu tenho certeza que até o final do ano nós teremos a taxa de juros no Brasil menor que dois dígitos", apostou. A taxa básica de juros Selic está hoje em 13,75 por cento ao ano.

REFORMA TRIBUTÁRIA E AJUDA AOS ESTADOS   Continuação...

 
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). 03/08/2016. REUTERS/Adriano Machado