5 de Janeiro de 2017 / às 13:32 / 7 meses atrás

Ibovespa sobe puxado por ações de commodities; siderúrgicas são destaque de alta

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava em leve alta na manhã desta quinta-feira, tendo as ações de empresas que negociam commodities, em especial de siderúrgicas, entre as principais contribuições positivas em uma sessão com volume ainda reduzido.

Às 11:29, o Ibovespa subia 0,29 por cento, a 61.770 pontos. O giro financeiro somava 850,4 milhões de reais.

O analista Leonardo Violli, da corretora Magliano, observa que os ganhos da Bovespa ainda são tímidos, porque o volume de negócios é baixo. "Até a abertura de Nova York fica difícil traçar uma tendência", comentou.

Após uma série de indicadores econômicos positivos na China, Estados Unidos e Europa, o economista Silvio Campos Neto, da Tendências Consultoria, considera o cenário global positivo. Ele destaca, contudo, que a bolsa paulista deve passar por uma fase de "acomodação" depois dos fortes ganhos recentes. "Já vínhamos em um embalo positivo, o que é limitador para novos ganhos a curto prazo", afirmou.

Investidores devem seguir atentos ao mercado internacional até a retomada dos trabalhos no Congresso, quando o foco deve voltar para o cenário político brasileiro.

DESTAQUES

- METALÚRGICA GERDAU PN avançava 4,85 por cento, ocupando a primeira posição entre as maiores altas do Ibovespa, seguida por GERDAU PN, com valorização de 4,17 por cento. Operadores consideram o movimento uma correção, dado que os dois papéis subiram menos que as ações das rivais Usiminas e CSN nos últimos dias, impulsionadas pelos novos reajustes nos preços de aços planos. Ainda no radar estava a notícia veiculada na véspera pelo serviço especializado de comodities Platts de que a Gerdau estaria em negociações avançadas para vender suas operações de mineração de carvão coque na Colômbia.

- PETROBRAS PN subia 1,23 por cento, e PETROBRAS ON ganhava 1,73 por cento, em linha com os preços do petróleo no mercado internacional, que avançam após a Arábia Saudita iniciar conversas com clientes para redução das vendas em até 7 por cento em fevereiro. O anúncio feito na véspera após o fechamento do mercado de que a estatal concluiu a venda de 100 por cento da Petrobras Chile Distribuición para Southern Cross Group também sustenta as ações.

- VALE PNA tinha alta de 0,59 por cento, e VALE ON se valorizava 0,66 por cento, recuperando-se das perdas registradas na véspera. A mineradora é beneficiada pelo aumento das cotações do minério de ferro na China em meio a expectativas de que o governo chinês elevará gastos com obras de infraestrutura.

- BRF ON subia 1,43 por cento, após a Reuters noticiar que a empresa planeja captar cerca de 1,5 bilhão de dólares com a venda de participação de 20 por cento da unidade OneFoods, voltada para o público muçulmano, por meio de uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). Em relatório, a Guide Investimentos considera a notícia positiva. "Acreditamos que essa operação deverá destravar valor aos acionistas, além disso gostamos da estratégia de aumentar o foco da companhia em produtos com maior valor agregado", informa no documento.

- FIBRIA ON recuava 1,37 por cento, figurando entre as principais baixas do Ibovespa pelo segundo dia consecutivo em meio à pressão do câmbio. A queda do dólar ante o real torna as exportações de papel e celulose menos atraentes no mercado internacional.

Por Gabriela Mello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below