5 de Janeiro de 2017 / às 17:22 / em 10 meses

China confirma mais recente caso de morte humana por gripe aviária

PEQUIM (Reuters) - Um homem na província chinesa de Shandong, no leste do país, é no mínimo a quarta pessoa a morrer neste inverno em decorrência da gripe aviária H7N9, disse a mídia estatal nesta quinta-feira, enquanto autoridades de Guangdong, ao sul, confirmaram 14 casos do vírus em dezembro.

Temores regionais de um grande surto de gripe aviária foram alimentados por um surto recorde da doença em aves da Coreia do Sul, bem como em aves do Japão.

O homem de 77 anos diagnosticado na terça-feira na cidade de Rizhao, em Shandong, morreu mais tarde no mesmo dia, disse a agência de notícias estatal Xinhua.

As autoridades de Guangdong disseram que foram registrados casos de gripe aviária em dezembro em diversas regiões da província, de acordo com o serviço de notícias estatal China News Service. Dezenas de casos da gripe em humanos foram confirmados na China neste inverno.

A gripe H7N9 não parece ser transmitida facilmente entre pessoas, e ainda não há casos reportados de contaminação entre humanos, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Ainda assim, existe o risco de que o vírus passe por uma mutação e sofra mudanças genéticas que podem aumentar seu potencial epidêmico.

Por Michael Martina

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below