Incêndio paralisa unidade 2 da Vale Fertilizantes em Cubatão

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017 19:13 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Vale Fertilizantes, da mineradora brasileira Vale, informou nesta quinta-feira que as operações de sua unidade 2, em Cubatão (SP), foram paralisadas após incêndio em uma correia transportadora, que alimenta o armazém da unidade de nitrato de amônio do complexo industrial.

Não há relatos de vítimas, segundo informação da Defesa Civil do Estado. Entretanto, a empresa explicou que durante o combate às chamas um bombeiro passou mal e foi atendido. O incêndio não atingiu outras unidades da empresa.

Em atividade desde 1970, a Unidade 2 produz fertilizantes fosfatados e nitrogenados, segundo informações da empresa.

O complexo tem capacidade anual de produção de 209 mil toneladas de amônia, 299 mil toneladas de ácido nítrico, 456 mil toneladas de ácido sulfúrico, 146 mil toneladas de ácido fosfórico, dentre outros insumos.

Em dezembro, a Vale anunciou a venda de ativos de fertilizantes para a Mosaic por aproximadamente 2,5 bilhões de dólares, mas o negócio excluiu unidades da mineradora em Cubatão (SP).

A ideia da companhia é explorar a venda dos ativos em Cubatão ao longo deste ano.

Segundo nota da empresa, os funcionários da unidade foram retirados imediatamente do local devido ao incêndio, e a Defesa Civil auxiliou as equipes a orientar a comunidade da Mantiqueira, nas proximidades da unidade, a sair do local de forma preventiva.

A paralisação de empresas vizinhas também foi necessária, segundo a Vale Fertilizantes.

A emissão dos gases gerados durante a queima do nitrato já foi contida e a fumaça tóxica gerada, de cor avermelhada, já foi dissipada na atmosfera, segundo a companhia.   Continuação...