Reservas internacionais da China caem pelo 6º mês; ainda ficam acima de US$3 tri

sábado, 7 de janeiro de 2017 12:06 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - As reservas internacionais da China caíram em dezembro para uma mínima de quase seis anos, mas ficaram um pouco acima do nível crítico de 3 trilhões de dólares, à medida que as autoridades tomam medidas para apoiar o câmbio antes da posse do presidente eleito dos EUA, Donald Trump.

As reservas da China caíram em 41 bilhões de dólares em dezembro, menos do que o temido, mas foi o sexto mês consecutivo de queda, mostraram dados neste sábado, depois de uma semana em que Pequim moveu-se de forma agressiva para punir aqueles que apostam contra a moeda, tornando mais difícil para o dinheiro deixar o país.

Os analistas previram uma queda de 51 bilhões de dólares.

Para o ano como um todo, as reservas da China caíram quase 320 bilhões de dólares, para 3,011 trilhões de dólares.

(Por Cheng Fang e Sue-Lin Wong)