Cade aprova compra de participação de 49,9% na Natural One pela Gávea Investimentos

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017 07:59 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra de participação minoritária da Gávea Investimentos na fabricante de sucos Natural One, segundo despacho publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

A Reuters havia publicado na semana passada que o empresário Ricardo Ermírio de Moraes, que fundou a Natural One uma década atrás em Jarinu (SP), acertou o acordo com a Gávea em 28 de dezembro, afirmaram as fontes.

Segundo informações do Cade, a operação foi notificada ao órgão de defesa da concorrência em 29 de dezembro. O valor da transação não foi informado.

A aquisição da participação será feita pelo veículo GIF V, que administra 1,1 bilhão de reais.

O GIF V vai ficar com uma participação de 49,9 por cento na Natural One, segundo descritivo da operação. Já Moraes ficará com 45,53 por cento da empresa e Zwilin Holdings, acionista original da Natural One, ficará com 4,57 por cento.

Anteriormente, Moraes tinha 90,24 por cento da Natural One e a Zwilin outros 9,76 por cento, segundo o Cade.

Moraes negociou com rivais como Coca-Cola e Britvic, da Inglaterra, mas as conversas não chegaram a termos que fossem do interesse do empresário, afirmaram as fontes da Reuters no início de novembro.

Na época, Moraes estava buscando uma avaliação de 150 milhões de dólares por toda Natural One, mas ele ainda não tinha se decidido se venderia o controle ou uma participação minoritária da empresa.

(Por Alberto Alerigi Jr.)