BRF entra na Turquia com aquisição de empresa de aves Banvit

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017 19:12 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A multinacional de alimentos BRF anunciou nesta segunda-feira a compra do controle da produtora carne de aves Banvit, na Turquia, empresa avaliada em 470 milhões de dólares, no primeiro passo para acelerar o crescimento da sua subsidiária OneFoods e fortalecer a presença no mercado muçulmano.

A operação, que marca a entrada da companhia brasileira naquele país, contempla em um primeiro momento a aquisição de 79,5 por cento da Banvit e, posteriormente, uma oferta pública aos 20,5 por cento minoritários restantes, sendo que esta segunda fase está sujeita ao cumprimento de algumas condições.

A aquisição será realizada por meio de uma joint venture formada entre a BRF e o fundo soberano do Catar (Qatar Investment Authority - QIA), que terão 60 e 40 por cento da participação societária, respectivamente.

Cálculos feitos pela Thomson Reuters estimam um desembolso aproximado de 160 milhões de dólares pela participação da BRF na primeira etapa da compra da Banvit, conforme valor da empresa inclui dívida da empresa turca de 130 milhões de dólares.

De acordo com o vice-presidente de finanças e relações com investidores da BRF, Alexandre Borges, a avaliação (valuation) da empresa considera um múltiplo de 6,4 vezes o Ebitda esperado para 2016 da Banvit. "É um valuation que consideramos atraente."

O executivo disse à Reuters que o formato de financiamento da aquisição ainda está em aberto. O fechamento da operação deve levar em torno de 90 dias, segundo o executivo, quando essa decisão será tomada. "Podemos usar caixa próprio, temos caixa para isso, ou podemos usar outra alternativa que vier a fazer com a OneFoods ... Está em aberto."

Os ativos da Banvit serão incorporados à OneFoods, subsidiária da BRF dedicada ao mercado halal (de alimentos produzidos de acordo com os preceitos do Islã), que começou a operar na semana passada.

A Benvit representará cerca de 25 por cento das vendas da OneFoods, afirmou a BRF, que identificou sinergias com valor presente líquido de 150 milhões a 180 milhões de dólares.

Borges disse também que a aquisição faz todo o sentido dentro dos planos de alternativas estratégicas para a subsidiária na região e mostra as oportunidades que existem nesse mercado. "Inclusive, a operação com o fundo soberano do Catar prevê potencial migração dessa participação do fundo na Banvit para a OneFoods, caso ocorra um IPO."   Continuação...