Confiança do consumidor do Brasil inicia 2017 com leve alta, mostra Thomson Reuters/Ipsos

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017 14:02 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A confiança do consumidor brasileiro iniciou o ano com ligeira alta diante da melhora das expectativas e do emprego, de acordo com o indicador da Thomson Reuters/Ipsos divulgado nesta quarta-feira.

O Índice Primário de Sentimento do Consumidor (PCSI, na sigla em inglês) avançou 0,1 ponto em janeiro e chegou a 40,6, no segundo mês seguido de alta.

O destaque entre os subíndices que avançaram foi o de expectativas, com ganho de 4,2 pontos, chegando a 66,0. O subíndice de emprego também avançou, 1,8 ponto, indo a 31,5 em janeiro.

Por outro lado, o quesito que mede as condições atuais apresentou piora neste início de 2017, recuando 2,9 pontos, para 29,5 em janeiro,

Já o subíndice que avalia os investimentos teve queda de 2,6 pontos, indo a 39,9.

A retomada da confiança tanto de consumidores como de investidores é considerada primordial pelo governo para a recuperação da atividade econômica brasileira.

Porém, o índice de confiança do consumidor medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) recuou em dezembro pelo segundo mês seguido, em meio à menor satisfação com a situação presente da série histórica.

(Por Camila Moreira)