Orthofix pagará US$14 mi para encerrar acusações sobre pagamento a médicos no Brasil, diz SEC

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017 15:13 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - A empresa de produtos médicos Orthofix International, com sede no Estado norte-americano Texas, se declarou culpada e concordou em pagar mais 14 milhões de dólares para encerrar acusações de que registrou receitas de forma imprópria e pagou médicos no Brasil para aumentar as vendas, disseram reguladores norte-americanos nesta quarta-feira.

A Securities and Exchange Commission (SEC, órgão que regula o mercado de capitais nos Estados Unidos) disse em nota que a Orthofix registrou receitas de forma imprópria em certos casos. Sua "falha de contabilidade foi generalizada e significativa, levando a Orthofix fazer declarações falsas ao público sobre sua condição financeira", afirmou.

(Reportagem de David Alexander)