IPCA-15 sobe 0,31% e tem menor alta para janeiro desde início do Plano Real

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017 10:03 BRST
 

Por Camila Moreira

SÃO PAULO (Reuters) - A prévia da inflação oficial do Brasil iniciou 2017 mostrando menos força do que o esperado, com destaque para a queda nos preços das contas de energia elétrica, indo abaixo de 6 por cento no acumulado em 12 meses até janeiro.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) subiu 0,31 por cento em janeiro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira, acima da alta de 0,19 por cento de dezembro, mas indo ao menor patamar para janeiro desde 1994, quando foi criado o Plano Real.

Em 12 meses até janeiro, o IPCA-15 acumulou alta de 5,94 por cento, nível mais baixo desde março de 2014 (+5,90 por cento).

As expectativas em pesquisa da Reuters eram de alta de 0,44 por cento em janeiro e de 6,06 por cento em 12 meses.

Segundo o IBGE, três grupos tiveram quedas nos preços em janeiro sobre o período anterior: Artigos de Residência (-0,23 por cento), Vestuário (-0,18 por cento) e Habitação (-0,22 por cento).

Neste último, as contas de energia elétrica, com queda dos preços de 2,25 por cento, geraram o impacto negativo mais intenso (-0,08 ponto percentual) sobre o IPCA-15, com a volta, a partir de 1º de dezembro, da bandeira tarifária verde.

ALIMENTOS   Continuação...

 
Torres de transmissão de eletricidade em Diadema (SP).   A prévia da inflação oficial do Brasil iniciou 2017 mostrando menos força do que o esperado, com destaque para a queda nos preços das contas de energia elétrica, indo abaixo de 6 por cento no acumulado em 12 meses até janeiro.      10/02/2015 REUTERS/Paulo Whitaker