Índice europeu fecha em queda antes da posse de Donald Trump

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017 15:43 BRST
 

MILÃO (Reuters) - O índice acionário pan-europeu recuou nesta sexta-feira, registrando a maior perda semanal desde antes da vitória de Donald Trump na eleição presidencial dos Estados Unidos, em novembro, com os investidores cautelosos antes da posse.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,01 por cento, a 1.432 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,07 por cento, a 363 pontos. O STOXX 600 registrou perda de 1 por cento em cinco dias. O FTSE, do Reino Unido, recuou 0,1 por cento e registrou queda semanal de 1,9 por cento.

Os mercados europeus fecharam antes do discurso de posse de Donald Trump.

O índice pan-europeu ganhou cerca de 7 por cento nos últimos dois meses, mas recuou do maior patamar registrado em janeiro, em meio a preocupações de que Trump terá de lutar para cumprir suas promessas de estimular a economia norte-americana.

De forma geral, o mercado foi enfraquecido com algumas atualizações de lucros decepcionantes, embora conversas de fusão e aquisição tenham dado suporte para o setor de telecomunicações.

A ação da AstraZeneca recuou 3,4 por cento, a principal queda do índice FTSE 100 após a rival Bristol-Myers Squibb Co decidir não buscar uma aprovação acelerada dos EUA para a combinação de dois medicamentos de imunoterapia como um tratamento inicial para o câncer de pulmão.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,14 por cento, a 7.198 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,29 por cento, a 11.630 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,20 por cento, a 4.850 pontos.   Continuação...