January 24, 2017 / 1:53 PM / 6 months ago

Percentual de cheques sem fundos atinge recorde em 2016, diz Serasa Experian

1 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - O nível de devoluções de cheques por insuficiência de fundos no Brasil aumentou em 2016 e atingiu o maior patamar desde o início da série histórica, em 1991, informou nesta terça-feira a empresa de análise de informações de crédito Serasa Experian.

A taxa de devoluções de cheques foi de 2,36 por cento no ano passado ante 2,26 por cento em 2015, de acordo com dados da empresa.

Segundo economistas da Serasa Experian, desemprego elevado, crédito caro e escasso, juros altos e inflação que se manteve pressionada, especialmente no primeiro semestre, foram os fatores que impulsionaram a inadimplência com cheques em 2016.

Apenas em dezembro do ano passado, porém, taxa de devoluções de cheques ficou em 2,25 por cento, abaixo do nível de dezembro de 2015 (2,42 por cento) e de novembro de 2016 (2,46 por cento).

Por Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below