Bovespa cai 1,8% com realizações de lucros em dia de aversão global a risco

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017 12:16 BRST
 

Por Gabriela Mello

SÃO PAULO (Reuters) - A aversão ao risco nas bolsas internacionais contaminava o mercado acionário brasileiro nesta segunda-feira, com o principal índice da Bovespa em baixa de mais de 1 por cento, pressionado por bancos e ações atreladas a commodities, em um movimento de correção após avançar em 12 dos 19 pregões até agora em 2017.

Às 12:14, o Ibovespa caía 1,81 por cento, a 64.838 pontos. O giro financeiro somava 1,18 bilhão de reais.

Até a sexta-feira passada, o Ibovespa acumulava valorização de 9,6 por cento no ano. Segundo operadores, investidores aproveitam para embolsar parte dos lucros obtidos desde o começo do ano, em um momento de cautela tanto no Brasil quanto lá fora.

"Há espaço para realizações, mas vamos depender do fluxo de recursos", afirma o economista-chefe da Home Broker Modalmais, Alvaro Bandeira, em nota.

Com os mercados chineses fechados para o feriado do Ano Novo Lunar, as atenções no exterior se voltam para as tensões geopolíticas desencadeadas por decisões tomadas pelo novo presidente norte-americano, Donald Trump, o que reduz o apetite por ativos mais arriscados.

Por aqui, o noticiário político voltou a ganhar peso com a proximidade do fim do recesso do Judiciário e do Congresso Nacional e após a ministra presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, ter homologado nesta manhã as 77 delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht no âmbito da operação Lava Jato.

DESTAQUES   Continuação...