30 de Janeiro de 2017 / às 15:41 / em 9 meses

Lavouras de soja de Mato Grosso terão mais chuvas esta semana

SÃO PAULO (Reuters) - O clima será chuvoso sobre o cinturão de grãos do Brasil central nesta semana, principalmente com pancadas de chuvas, que poderão atrasar trabalhos de colheita, mas garantirão umidade suficiente para as lavouras que ainda estão em desenvolvimento e para o plantio da segunda safra de milho, disseram meteorologistas nesta segunda-feira.

“A colheita da soja e posterior plantio das lavouras de 2ª safra estarão garantidas, apesar da possibilidade de paralisações momentâneas por conta dessas pancadas de chuvas”, disse o agrometeorologista Marco Antônio dos Santos, da Rural Clima, em um relatório.

Nas últimas duas semanas, chuvas persistentes atrasaram a colheita de soja em Mato Grosso, principal Estado produtor do país e onde a colheita está mais adiantada.

Segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), a colheita no Estado atingiu 16,25 por cento da área total até a última sexta-feira, ante um potencial de 24,7 por cento, caso não houvesse chuva.

O serviço Agriculture Weather Dashboard, da Thomson Reuters, aponta chuvas diárias para Mato Grosso até a metade de fevereiro. O acumulado médio dos próximos 15 dias deve ultrapassar 140 milímetros.

“Essas mesmas chuvas manterão os solos com níveis satisfatórios de umidade, favorecendo o desenvolvimento das lavouras. Não há previsão para essa semana de que venham ocorrer novos períodos de invernada, inviabilizando totalmente as práticas agrícolas e, principalmente, causando perdas nas lavouras”, disse Santos, da Rural Clima.

Ele destacou, contudo, que um novo período de “invernada” (dias consecutivos de chuva e sem abertura de sol) poderá ocorrer entre 12 e 20 de fevereiro sobre a região central do Brasil, algo muito parecido com o ocorrido na semana retrasada.

Agricultores temem os períodos prolongados de chuva sem brechas de sol porque essa condição eleva a umidade dos grãos que já estão prontos para a colheita, podendo causar perdas de qualidade que são penalizadas pelos compradores.

BRASIL

A Somar Meteorologia disse que nos próximos três dias deverá haver pancadas isoladas de chuva também sobre Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e região Sul.

No Matopiba, região formada por áreas de expansão de cultivo no Maranhão, Tocantins, Piauí e oeste da Bahia, onde as chuvas têm sido irregulares, deverá haver precipitações localizadas em áreas dos quatro Estado até a metade desta semana.

“A maior novidade acontecerá a partir da segunda semana de fevereiro. Trata-se da primeira grande chuva do período das águas no Nordeste e leste da Região Norte”, destacou a Somar.

Por Gustavo Bonato

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below