JFE diz que mantém planos para usina no México, mas Trump está no foco

terça-feira, 31 de janeiro de 2017 08:27 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A segunda maior produtora de aço do Japão, JFE Holdings, afirmou nesta terça-feira que mantém planos para construir uma usina siderúrgica no México em parceria com a norte-americana Nucor, embora esteja atentamente observando a política dos Estados Unidos depois que o presidente Donald Trump ameaçou abandonar o acordo de comércio entre os países.

Trump tem ameaçado abandonar o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês) assinado por México, Estados Unidos e Canadá. Além disso, a Casa Branca também tem citado a possibilidade de impor tarifas sobre importações de produtos mexicanos para bancar a construção de um muro entre os países.

JFE e Nucor afirmaram em junho do ano passado que formarão uma joint-venture para construção de uma usina na região central do México para fornecer aço para montadoras de veículos no país e atender o mercado do Nafta.

A usina, com capacidade para produzir 400 mil toneladas de chapas galvanizadas por ano, tem custo estimado em cerca de 270 milhões de dólares. A previsão de conclusão é em 2019.

(Por Yuka Obayashi)