Setor público consolidado tem déficit primário de R$155,8 bi 2016 e dívida salta

terça-feira, 31 de janeiro de 2017 11:42 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O setor público consolidado brasileiro fechou 2016 com déficit primário de 155,791 bilhões de reais, pior resultado histórico, mas dentro da meta de 163,9 bilhões de reais definida para o ano.

O rombo, terceiro consecutivo, é equivalente a 2,47 por centro do Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com dados divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira.

A dívida bruta subiu 4 pontos percentuais para 69,5 por cento do PIB no ano, enquanto a dívida líquida saltou 10,3 pontos percentuais para 45,9 por cento do PIB.

Em dezembro, o déficit primário foi de 70,7 bilhões de reais, abaixo de um saldo negativo em 78,0 bilhões de reais estimado por analistas.

(Reportagem de Silvio Cascione)

 
Sede do Banco Central, em Brasília.    23/09/2015      REUTERS/Ueslei Marcelino