Bovespa sobe em recuperação puxada por Petrobras e Vale; Fibria é destaque negativo após balanço

terça-feira, 31 de janeiro de 2017 12:04 BRST
 

Por Gabriela Mello

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa operava em alta nesta terça-feira, em recuperação puxada principalmente por ações atreladas a commodities, incluindo Vale e Petrobras, após ter encerrado na véspera com a maior queda percentual diária em dois meses.

Às 12:02, o Ibovespa subia 0,45 por cento, a 64.593 pontos. O giro financeiro somava 1,06 bilhões de reais.

Na segunda-feira, o índice caiu 2,6 por cento, depois que investidores aproveitaram o sentimento global de aversão ao risco para embolsar lucros recentes.

Apesar da melhora do humor no mercado acionário doméstico, operadores veem espaço para volatilidade nesta terça-feira por causa dos ajustes de posições típicos do fim de mês.

Além disso, os sinais são mistos no exterior, com as bolsas europeias sustentadas por indicadores econômicos, enquanto persiste o clima de cautela em Wall Street em meio aos protestos contra as restrições impostas pelo novo presidente norte-americano, Donald Trump, a imigrantes.

"O noticiário tem poucos gatilhos positivos neste momento, em nossa opinião. E vale lembrar: é o último dia do mês, o que pode aumentar a volatilidade em alguns mercados", comentou a Guide Investimentos em relatório.

Para o analista Vitor Suzaki, da Lerosa Investimentos, o cenário político brasileiro volta ao centro das atenções, com destaque para a eleição da presidência no Senado e na Câmara dos Deputados e para os desdobramentos da Operação Lava Jato com a retomada dos trabalhos no Judiciário.

  Continuação...