Shell ultrapassa Exxon em lucro e sinaliza retomada

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017 10:41 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A Shell fez mais dinheiro que a Exxon Mobil no segundo semestre de 2016, embora o lucro anual da petroleira anglo-holandesa tenha sido o pior em mais de uma década, à medida em que a empresa enfrentou uma profunda crise.

A maior companhia de petróleo e gás da Europa mostrou fortes sinais de que está em recuperação após pesados cortes de gastos, desinvestimentos e milhares de demissões no ano passado, com o fluxo de caixa tendo crescido 69 por cento no quarto trimestre.

Com as operações do Grupo BG totalmente integradas após a aquisição da companhia por 54 bilhões de dólares há um ano, a Shell disse nesta quinta-feira que a produção anual cresceu cerca de um quarto ante o ano anterior, para 3,668 milhões de barris de óleo equivalente.

"Nossa estratégia está começando a dar resultados", disse o presidente executivo da Shell, Ben van Beurden, em comunicado.

As ações da Shell subiam cerca de 1,6 por cento nesta quinta-feira.

O lucro da Shell no ano caiu 37 por cento na comparação anual, para 7,185 bilhões de dólares, mas os ganhos no quarto trimestre, de 1,8 bilhão de dólares, ficaram à frente dos da Exxon, que na terça-feira apresentou lucro de 1,68 bilhão de dólares para o mesmo período.

"A Shell teve um fluxo livre de caixa positivo em 1 bilhão em dólares no trimestre. Isso, combinado com a entrada em caixa de 2,7 bilhões de dólares de desinvestimentos, reduziu a dívida mais rápido que nossas expectativas", disse o analista da RBC, Biraj Borkhataria.

(Por Ron Bousso e Karolin Schaps)