Reckitt Benckiser negocia compra da Mead Johnson por US$16,7 bi

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017 10:50 BRST
 

Por Martinne Geller

(Reuters) - A Reckitt Benckiser está em negociações avançadas para comprar a Mead Johnson Nutrition em um negócio de 16,7 bilhões de dólares, o que levaria a fabricante britânica de bens de consumo para o mercado de fórmulas infantis e também ampliaria seus negócios fora do Europa.

Mais conhecida por seus produtos de limpeza Lysol, os preservativos Durex, os comprimidos Nurofen e produtos para os pés Scholl, a Reckitt disse na véspera que estava discutindo uma oferta de 90 dólares por ação em dinheiro, com prêmio de 29,5 por cento sobre o preço de fechamento da Mead.

As ações da Mead Johnson, em meio a rumores de que é alvo de aquisição pela Nestlé ou pela Danone, saltou 22 por cento após fechamento do pregão.

Nesta quinta-feira, as ações da Reckitt em Londres subiam 3 por cento, como o entusiasmo sobre o negócio pontuado por questões sobre preço e adequação estratégica.

A Mead Johnson, dona da marca infantil Enfamil, foi desmembrada da farmacêutica Bristol-Myers ​​em 2009.

A companhia é tida como possível alvo de aquisição devido à sua grande presença na China e na América Latina, regiões com populações de rápido crescimento, bem como nos Estados Unidos.

A Reckitt não era vista como compradora óbvio, mas seu foco em produtos para a saúde dos consumidores torna o negócio lógico, disseram analistas.

((Tradução Redação São Paulo; + 55 11 5644-7712))