3 de Fevereiro de 2017 / às 09:42 / em 8 meses

Criação de vagas nos EUA deve acelerar em janeiro, com salários mais altos

WASHINGTON (Reuters) - A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos provavelmente acelerou em janeiro, com expectativa de que os salários tenham aumentado, o que sugere um forte início para a administração Trump conforme busca impulsionar a economia e o emprego.

A criação de vagas fora do setor agrícola provavelmente chegou a 175 mil no mês passado, em parte porque o clima quente aumentou as contratações no setor de construção, de acordo com pesquisa da Reuters junto a economistas. Se confirmado, haverá uma aceleração ante as 156 mil vagas criadas em dezembro.

O presidente Donald Trump prometeu durante a campanha presidencial no ano passado atingir um crescimento anual do Produto Interno Bruto de 4 por cento, com um plano de cortar impostos, reduzir regulamentações, aumentar os gastos com infraestrutura e renegociar acordos a favor dos EUA.

Embora ainda não haja detalhes sobre as propostas, a confiança empresarial e dos consumidores saltou na esteira da vitória de Trump em novembro.

O Departamento do Trabalho publicará o relatório de emprego às 11:30 (horário de Brasília).

Com o salário mínimo entrando em vigor em mais de uma dezena de Estados em janeiro, a expectativa é de que a renda média por hora tenha subido 0,3 por cento após alta de 0,4 por cento em dezembro. A projeção para a taxa de desemprego é de que permaneça inalterada em 4,7 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below