Bovespa sobe após dados do mercado de trabalho dos EUA e com recuperação de bancos

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017 12:04 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa operava no azul no final da manhã desta sexta-feira, após a divulgação de dados do mercado de trabalho dos Estados Unidos e com os ganhos nas ações dos dois principais bancos privados do país compensando a pressão do setor de siderurgia e mineração.

Às 12:01, o Ibovespa subia 0,59 por cento, a 64.960 pontos. O giro financeiro somava 1,7 bilhão de reais.

O mercado de trabalho norte-americano abriu 227 mil vagas em janeiro, maior ganho em quatro meses, mas a renda média por hora dos trabalhadores subiu menos que o esperado, aumentando a expectativa por maior cautela por parte do Federal Reserve para subir juros nos Estados Unidos.

Também favorecendo o campo positivo estavam os ganhos das ações da Tim Participações, após a empresa divulgar o balanço do quarto trimestre.

No front local, a reeleição na véspera de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados foi vista como positiva para o avanço das medidas de interesse do governo no Congresso Nacional, como a reforma previdenciária, mas os investidores ainda seguem em alerta à espera das delações da Lava Jato.

- BRADESCO PN avançava 1,57 por cento, recuperando parte das perdas da véspera, quando as ações caíram 3,7 por cento na esteira do balanço trimestral. ITAÚ UNIBANCO tinha alta de 1,73 por cento.

- TIM PARTICIPAÇÕES subia 4,61 por cento, liderando a ponta positiva do índice, após a empresa de telefonia divulgar seu resultado do 4º trimestre, com lucro líquido de 364 milhões de reais.   Continuação...