Estrategista Marwan Lahoud vai deixar Airbus no fim de fevereiro

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017 09:30 BRST
 

PARIS (Reuters) - O chefe de estratégia Airbus, Marwan Lahoud, um dos fundadores do maior grupo aeroespacial da Europa, vai deixar a companhia no fim de fevereiro, informou a Airbus nesta terça-feira.

Seu sucessor não foi anunciado, mas o comunicado será feito posteriormente, informou a Airbus em comunicado, sugerindo que não haver decisão sobre quem substituirá Lahoud ou qual será o tipo de estrutura, num momento em que a empresa passa por um processo de reorganização.

Lahoud foi um dos estrategistas envolvidos em uma sequência de fusões que levaram à criação, em 2000, do que se chamou de EADS, um grupo aeroespacial com interesses diversos incluindo os negócios da Airbus.

Depois, em 2012, ele esteve por trás de uma tentativa de combinação com gigante britânica de defesa BAE Systems. O acordo não se materializou em meio à oposição do governo alemão, mas Lahoud recebeu o crédito por reformas corporativas que reduziram o papel dos governos francês e alemão.

A EADS posteriormente foi rebatizada de Airbus Group. A saída de Lahoud foi recebida com surpresa pelo mercado.

"Com a criação de uma única Airbus, nós finalmente concluímos a fusão. Agora, é hora de seguir em frente e estou buscando novos desafios", afirmou Lahoud em comunicado.

(Por Tim Hepher)