Vice-premiê da China diz que falsificação de dados econômicos será punida, segundo jornal

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017 07:21 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - O vice-primeiro-ministro da China, Zhang Gaoli, alertou autoridades de governos locais que elas serão punidas se apresentarem dados econômicos falsos, noticiou nesta quinta-feira o jornal oficial China Daily, após um escândalo sobre estatísticas compiladas em uma província.

Há tempos existe ceticismo sobre a confiablidade dos dados chineses, especialmente porque o governo tem buscado reduzir as expectativas de uma desaceleração prolongada na segunda maior economia do mundo.

Zhang disse segundo o jornal que os governos locais têm que melhorar a credibilidade das estatísticas já que dados falsos podem desorientar as autoridades.

Qualquer autoridade que for considerada responsável por estatística falsa enfrentará deméritos, tendo promoções negadas, disse Zhang.

Em janeiro, o jornal estatal People's Daily noticiou que o governo de Liaoning, em seu relatório anual de trabalho, revelou que usou dados fiscais incorretos de 2011 a 2014.

(Reportagem de Kevin Yao)