Demanda por crédito sobe em janeiro ante igual mês de 2016, mas cai na base mensal, diz Serasa Experian

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017 12:43 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A procura do consumidor por financiamento subiu 0,5 por cento em janeiro ante o mesmo mês de 2016, mas caiu 1,6 por cento na comparação com dezembro, segundo a empresa de análise de dados de crédito Serasa Experian nesta segunda-feira.

"O consumidor ainda se encontra bastante endividado, com grau de confiança deprimido e ainda enfrentando uma conjuntura bastante adversa em termos de desemprego", disseram economistas da Serasa em comunicado.

No mês passado, a queda na demanda em relação a dezembro concentrou-se na baixa renda, segmento de pessoas que ganham até 500 reais mensais, com recuo de 2,2 por cento na procura. Aqueles que recebem entre 500 e 1.000 reais por mês tiveram baixa de 1,6 por cento na procura por crédito.

Na comparação com janeiro de 2016, o avanço foi puxado pela categoria que ganha de 1.000 a 2.000 reais, com acréscimo de 0,8 por cento, e do grupo que recebe de 500 a 1.000 reais, com elevação de 0,7 por cento.

(Por Paula Arend Laier)