Empreiteiras não devem participar de leilão de aeroportos como sócias, diz fonte

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 20:19 BRST
 

Por Leonardo Goy

BRASÍLIA (Reuters) - O leilão dos aeroportos de Fortaleza (CE), Salvador (BA), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS), marcado para 16 de março, tem 9 grupos internacionais interessados, disse à Reuters uma fonte do governo que acompanha diretamente o assunto.

Os consórcios não devem ter empreiteiras entre seus sócios, disse a fonte, principalmente por conta das dificuldades de acesso a crédito causadas pelo envolvimento no esquema investigado pela operação Lava Jato.

Segundo a fonte, que pediu anonimato, dos 9 interessados, "sete estão conversando com o governo com mais frequência", o que pode indicar uma possibilidade mais firme de estarem mesmo na disputa pelos terminais.

Entre as interessadas, estão Fraport (Alemanha), Ferrovial, OHL e Aena (Espanha), Vinci (França), Corporación América (Argentina) além de empresas chinesas, disse a fonte.

Consultadas pela Reuters fora do horário comercial, as empresas não responderam até a publicação desta reportagem.

A fonte disse ainda que os operadores devem entrar na disputa sozinhas ou com sócios como fundos de investimentos.

"Eles dizem que estão falando com empreiteiras brasileiras, médias e grandes, mas para atuar como contratadas nas obras dos terminais, não para serem sócias", disse a fonte.

Segundo a fonte, até o momento os operadores têm demonstrado o mesmo nível de interesse nos quatro terminais que serão oferecidos. "A maioria disse que vai fazer lance pelos quatro", disse.   Continuação...