Minério de ferro recua novamente na China com queda no aço

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017 09:56 BRST
 

MANILA (Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro na China caíram mais de 2 por cento nesta quinta-feira, revertendo ganhos que chegaram a levar a commodity a uma máxima recorde, à medida que os preços do aço também mudaram de sinal no fim do pregão.

As expectativas de uma retomada da atividade de construção civil e de uma aperto na oferta de aço da China, maior produtor global, têm ajudado os preços dos produtos siderúrgicos a subir neste ano, sustentando também uma forte alta nos mercados de minério de ferro.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de Xangai fechou em queda de 0,9 por cento, a 3.381 iuanes (493 dólares) por tonelada, depois de subirem a uma máxima de dois meses, a 3.509 iuanes.

Já o minério de ferro na bolsa de Dalian caiu 2,4 por cento, fechando a 685,50 iuanes por tonelada. Os contratos chegaram a tocar uma máxima de 721 iuanes, maior nível intradia desde que as negociações começaram em outubro de 2013.

O minério de ferro no mercado à vista, com entrega no porto de Qingdao caiu 1,08 por cento, para 90,06 dólares por tonelada, segundo o Metal Bulletin.

Nas bolsas, o aço ainda acumula alta de 16 por cento neste ano e o minério de ferro ganhos de 26 por cento.

(Por Manolo Serapio Jr.)